Humanização
e excelência

O ano de 1928 marca para Passo Fundo, a chegada dos primeiros membros da família Cogo. Em 1950 Darcy Cogo, com experiência de 18 anos como chefe de carpintaria, consolidou a Tradição da marca COGO como agente funerário.
A partir da fabricação de ferramentas, máquinas de serra de corte, enfim todo material necessário para a produção de urnas mortuárias. Após 4 anos de dedicação, concluída a fábrica, e já projetando seus carros fúnebres abriu a loja comercial denominada Funerária Cogo, com toda uma estrutura de prestação de serviços funerários com a tradição Cogo de assistência a família.

Saber Mais

Última do Blog

Quais são os direitos das crianças em luto

É dever dos pais e cuidadores de crianças em luto zelar para que elas recebam acompanhamento e ajuda necessária para um desenvolvimento intelectual, físico emocional e social adequado. E garantir a elas, após o falecimento de um ente querido, os direitos que listamos aqui Por Gisela Adissi Tenho direito a:  Receber a notícia. Preciso saber […]

Fale
Conosco